Neo-Humanismo – A Renovação Ideológica


A educação pública tem sido alvo de diversas tentativas infrutíferas que visam a sua renovação. Pois, ainda, vivemos tempos de crise no que concerne a valores e a ideais, que ensombram o caminho de quem procura uma verdadeira orientação para uma educação em sintonia com o progresso e a evolução do ser humano.

Entretanto, têm surgido ao longo das últimas décadas, métodos de ensino, que urge aplicar no ensino público, e que vêm regenerar filosofias, que retornam ao ideal da Escola Socrática, na qual se aprendia por gosto, por troca, por fraternidade, e que estão mais harmonizados com o propósito de evolução das nossas crianças. A escola, mais do que um lugar onde se “reprogramam” crianças com quantidades alarmantes de informação, nem sempre verdadeiras, deverá ser um espaço de transmissão de valores, de formação de pessoas cívicas e plenas, e de catalisação dos seus próprios processos, enquanto seres em constante transmutação. Na vida, a realização acaba por ser determinada pelos nossos príncipios e a nossa fidelidade a eles.

A concretização destes ideais passa pela transformação interior de quem educa, que irá receber como espelho, apenas o reflexo do seu próprio interior. Torna-se necessário que cada indivíduo, assim como cada cultura encontre o seu caminho inerente à verdade da sua própria experiência, sem que se imponha aos outros. É este retorno à unidade da natureza essencial que nos permitirá realizar o encontro com a fé interior, com a divindade imanente e absoluta que existe em cada um de nós. Nesta perspectiva podemos então enquadrar-nos numa nova filosofia existencial – o Neo-Humanismo, que aposta na qualidade dos valores e informação que passamos, ao invés da quantidade.

Também, os pais terão que assumir uma maior responsabilidade pela educação moral e espiritual dos seus filhos, pois o panorama mental deles é moldado pela influência do ambiente familiar, mesmo antes de frequentarem a escola.

As nossas crianças tornar-se-ão o património da sociedade futura na medida em que os professores, pais e educadores sociais cumpram correctamente com as suas obrigações.

Deixe-me a sua opinião. Bem-Haja!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s